Bastonária acusa Governo de colocar enfermeiros em situação insustentável

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros acusou hoje o Governo de colocar os enfermeiros numa situação insustentável ao decretar a requisição civil, empurrando-os para uma situação de abandonos de serviço “que não são desejáveis”.

Ana Rita Cavaco reagia às declarações do Presidente da República, que na quinta-feira disse estar preocupado com a reação à requisição civil por parte da Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros, que admitiu as faltas ao trabalho e acenou com o risco de novas formas de luta “mais incontroláveis”.

“O Presidente da República tem toda a razão. É o que andamos a dizer e a alertar, que os enfermeiros estão a ser encostados a uma posição insustentável. Há uma greve que é lícita, quem o diz não é a ordem é a PGR no seu parecer, e ao insistirem em não negociar com os enfermeiros empurram-nos parta situações de abandonos de serviço, essas sim que não são desejáveis”, afirmou Ana Rita Cavaco.

Partilha

Notícias relacionadas