Kauli Vaast (FRA) and Aelan Vaast (FRA) Winner of The Azores Junior Pro 2022
PUB

O Azores Pro teve início durante o passado fim-de-semana, na praia de Santa Bárbara, Ribeira Grande, ilha de São Miguel, com uma dupla de eventos internacionais de surf que prometem voltar a destacar os Açores como um dos melhores destinos turísticos de surf do mundo.

Na primeira prova, o Azores Pro Junior, última etapa do circuito sub-20 europeu, a vitória sorriu aos irmãos taitianos Kauli e Aelan Vaast, numa estreia familiar simultânea. Ambos derrotaram o forte contingente basco nas respectivas finais, em boas ondas de 1,5m, não impedindo no entanto que os títulos de 2022 fossem entregues a atletas dessa região espanhola.

Na final feminina, Aelan, que já tinha vencido outra etapa este ano, bateu as irmãs bascas Janire e Annette Gonzalez Etxabarri, respectivamente segunda e terceira colocadas, deixando a sua compatriota francesa Sarah Leiceaga na quarta posição.

PUB

Nos rapazes, o irmão mais velho, Kauli, que tem sido destaque este ano na imprensa internacional devido aos seus resultados e performances em provas das primeiras ligas do surf mundial, acabou por conseguir bater o seu principal adversário, o basco Adur Amatriain, que foi segundo, à frente dos seus conterrâneos Keoni Lasa e Bitor Garitaonandia, respectivamente terceiro e quarto colocados.

Com estes resultados, os bascos Janire Gonzalez Etxabarri e Bitor Garitaonandia acabaram por conquistar os títulos europeus Pro Junior de 2022, o terceiro para Janire mas o primeiro para Bitor. No segundo lugar, e assim igualmente apurados directamente para a final mundial, ficaram os franceses Aelan Vaast e Noa Dupouy (quinto classificado nesta prova).

Em representação da autarquia, na cerimónia de entrega de troféus do Azores Pro Junior 2022, esteve presente o vereador João Dâmaso Moniz

Entre os cerca de 110 inscritos no Azores Pro Junior, os melhores surfistas portugueses ficaram-se pelos quartos de final. Maria Salgado e Gabriela Dinis, no feminino, Francisco Ordonhas, Francisco Mittermayer, Afonso Antunes e Joaquim Chaves, no masculino, foram os melhores representantes nacionais. Francisco Ordonhas e Gabriela Dinis, ambos em oitavo lugar, foram também os melhores surfistas portugueses no ranking final Pro Junior de 2022.

As atenções viram-se agora para o Azores Pro, etapa do circuito mundial de surf de qualificação de 3000 pontos, que tem data prevista de arranque para hoje mas que só deverá ter início no final da semana, devido às previsões atmosféricas mais favoráveis para esse período da janela de espera do evento.

O Azores Pro 2022 é organizado pela DAAZ Eventos e pela Associação Atlantic Action Sports, conta com o patrocínio do Turismo dos Açores, Grupo ETE, MEO, Wayzor Rent-a-Car, Grupo Marques, Clínica S. Sebastião e Soluções M, contando ainda com a Sport TV como canal oficial para a sua transmissão em directo, a RTP Açores, SURFTOTAL, MEO Beachcam e ONFIRE como media partners e a Federação Portuguesa de Surf, a Câmara Municipal da Ribeira Grande e o Governo dos Açores como apoios institucionais.

Pub