PUB

O Eco Festival Azores Burning Summer, obteve esta sexta-feira o certificado de “Evento Mais Sustentável”, que foi entregue pelo Manager da SGS Portugal (Açores e Madeira), Rui Cordeiro.

A organização do do Eco Festival Azores Burning Summer, submeteu a edição de 2022 a um processo de monitorização rigoroso, que acompanhou o festival desde o seu planeamento até à desmontagem, e que permitiu alcançar a certificação “Evento mais sustentável”, atribuída pela SGS, líder mundial na certificação.

PUB
Filipe Tavares, Diretor do Festival e Presidente da ARTAC e Rui Cordeiro, Manager da SGS Portugal (Açores e Madeira)

O Eco Festival Azores Burning Summer é assim, o primeiro evento nos Açores a obter esta certificação.

Filipe Tavares, Diretor do Festival e Presidente da ARTAC, disse que “estamos empenhados na construção de um festival que é verdadeiro em tudo aquilo que propõe. Esta certificação e reconhecimento são um estímulo importante para continuarmos a trabalhar mais e melhor. O percurso até aqui envolve o esforço e dedicação de toda a nossa equipa e parceiros e o precioso apoio dos nossos patrocinadores. Estamos também, muito gratos pela estreita relação que temos com o Município da Ribeira Grande, Junta de Freguesia do Porto Formoso e Governo dos Açores que têm acreditado e contribuído fortemente para o sucesso deste projecto. Queremos continuar a difundir a mensagem ecológica por todos e alegra-nos fazê-lo sob a forma de festival”.

Por outro lado Eco, o Festival Azores Burning Summer obteve 6 nomeações no Iberian Festival Awards 2023.

  • Best Medium Sized Festival / melhor festival de média dimensão
  • Best Cultural Programme / melhor programa cultural
  • Best Hosting and Reception / melhor recepção e hospitalidade
  • Best Venue / melhor recinto de espetáculos (Parque dos Moinhos – Porto Formoso)
  • Best Contribution to Sustainability / melhor contributo para a sustentabilidade
  • Best Contribution to Equality / melhor contributo para a igualdade

A 7ª edição do Iberian Festival Awards irá realizar-se em Março de 2023, na cidade da Maia. A iniciativa visa distinguir os eventos e profissionais de Portugal, Espanha, países lusófonos e ibero-americanos, que se destacaram no ano de 2022.

De recordar que, em 2022 o Eco Festival Azores Burning Summer foi o vencedor nacional na categoria “Melhor Contributo para a Sustentabilidade” no Iberian Festival Awards e vencedor regional na categoria “Economia Circular, Verde e Azul” nos Prémios “Espírito Verde” promovidos pelo Governo dos Açores.

Pub