Pub

O avançado brasileiro Carlos Júnior, melhor marcador da história do Santa Clara na I Liga de futebol e com 14 golos concretizados em 2020/21, completou o melhor ‘onze’ da última edição da prova, anunciou hoje o organizador.

O dianteiro, de 25 anos, brilhou na segunda temporada ao serviço dos açorianos, ao contabilizar 14 golos e três assistências em 32 aparições, num total de 2.753 minutos, tendo ainda sido designado por cinco ocasiões como o melhor jogador em campo.

Carlos Júnior tinha assinado metade desse registo goleador em 2019/20, quando chegou ao Santa Clara oriundo do Rio Ave, e acabou esta época no quinto lugar dos ‘artilheiros’ da I Liga, a nove tentos do líder Pedro Gonçalves, campeão nacional pelo Sporting.

Os açorianos terminaram a edição 2020/21 do campeonato no sexto posto, o último de acesso à primeira edição da Liga Conferência Europa, em 2021/22, com 46 pontos, que significaram o melhor desempenho de sempre em seis presenças no principal escalão.

Pub

Carlos Júnior figura ao lado do iraniano Mehdi Taremi, do FC Porto, e do suíço Haris Seferovic, do Benfica, no ataque e é o único atleta fora dos ‘grandes’ a integrar o melhor ‘onze’ da época, que foi elaborado por ‘capitães’ e treinadores das equipas da I Liga.

Numa estrutura tática disposta no tradicional 4-3-3, o portista Sérgio Oliveira faz acompanhar os sportinguistas João Palhinha e Pedro Gonçalves no meio-campo.

Já o lateral direito espanhol Pedro Porro, o central uruguaio Sebastián Coates e o esquerdino Nuno Mendes, todos campeões nacionais, compõem a defesa, a par do ‘dragão’ Pepe e à frente do guarda-redes espanhol e também ‘leão’ António Adán.

Pub