PUB

Cinco tripulantes de um veleiro que se encontrava à deriva a menos de um quilómetro de terra na Fajã do Araújo, em São Miguel, nos Açores, foram auxiliados hoje, porque a embarcação onde seguiam “tinha um cabo preso”.

Em comunicado, a Autoridade Marítima Nacional explica que os cinco tripulantes foram auxiliados por elementos do Comando-local da Polícia Marítima, da Capitania e da Estação Salva-vidas de Ponta Delgada, após um alerta dado por um pescador lúdico, pelas 08:50 locais (09:50 em Lisboa).

À chegada ao local, constatou-se que os tripulantes, de nacionalidade britânica, estavam bem fisicamente, mas “a embarcação tinha um cabo preso” na hélice, lê-se no comunicado.

PUB

Após removido o cabo do hélice pelos elementos da Autoridade Marítima Nacional, o veleiro seguiu por meios próprios para Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

Esta ação foi coordenada pelo Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima de Ponta Delgada, com a colaboração do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada) e do Centro de Comunicações dos Açores.

Pub