PUB

No próximo ano, a Câmara Municipal de Ponta Delgada vai reforçar os apoios à população sénior do concelho, através dos novos benefícios do Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento Habitacional e das medidas a serem desenvolvidas no âmbito do Plano Municipal para o Envelhecimento Ativo, avançou, este sábado, o Presidente do Município.

“O próximo Orçamento Municipal, já aprovado em reunião de Câmara, apresentará o maior investimento de sempre na área social, num total de 3,1 milhões de euros”, adiantou Pedro Nascimento Cabral, anunciando igualmente que, “em defesa de uma seniorização ativa e feliz, a autarquia vai colocar em marcha o ambicioso plano de envelhecimento ativo e lançar, nos seus novos moldes, o Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento Habitacional”, que prevê uma dotação de meio milhão de euros.

O autarca falava no encerramento do almoço de Natal promovido pela Associação Seniores de São Miguel, que decorreu numa unidade hoteleira de Ponta Delgada, dando também lugar a uma palestra conduzida por Isabel Soares de Albergaria e subordinada ao tema “Natividade na Arte Ocidental”.

PUB

O Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento Habitacional, começou por esclarecer, reserva “majorações de 15 por cento a famílias com pessoas com idade igual ou superior a 65 anos”, ou agregados familiares com pessoas portadoras de deficiência, vítimas de violência doméstica, famílias monoparentais e jovens até aos 35 anos.

No que respeita ao Plano Municipal para o Envelhecimento Ativo, trata-se de um instrumento de planeamento e de intervenção estratégica que se estará a desenvolver, até 2026, “numa lógica de promoção de uma cidadania plena e de uma sociedade inclusiva que se preocupa com a qualidade de vida e bem-estar dos seus seniores”, referiu o autarca.

As novas medidas do plano, concluiu, “vão juntar-se à ampla oferta disponível no concelho de Ponta Delgada nos domínios da seniorização”, como são exemplo os 23 centros de convívio existentes, ou as medidas ‘Exercício e Saúde na 3ª idade – Programa Hidroginática’, ‘Idosos Ativos’, cartão PDL Senior e o Táxi 65.

Na ocasião, o Presidente do Município fez ainda questão de relevar a importância das parcerias estabelecidas entre a CMPD e a Associação Seniores de São Miguel, entendendo que se traduzem em “benefícios muito concretos” nas áreas da cidadania, cultura, saúde e da solidariedade do concelho de Ponta Delgada.

Exemplos disso mesmo, concretizou o autarca, são os resultados de projetos como “Pensar a Cidade” e “Cidade Amiga”, ou mesmo do “Zero Desperdício”, que promove o reaproveitamento de alimentos confeccionados em estabelecimentos de restauração, distribuindo-os diariamente por famílias carenciadas de Ponta Delgada.

Por fim, o Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada não quis deixar de enaltecer a palestra mediada por Isabel Soares de Albergaria e também de parabenizar o Dr. Mota Amaral, o Professor Doutor Fernando Diogo e o Dr. João Luís Cogumbreiro, personalidades distinguidas com o título de sócio honorário por parte da Associação Seniores de São Miguel.

Pub