Pub

AÇORES 9 TV EM DIRETO

“Again X” de Luís Quintino mantém liderança em ORC A. “Afrodite” de Rui Mendonça foi o mais rápido.

A frota da Atlantis Cup, Regata da Autonomia, completou a primeira etapa oceânica da edição de 2022, ligando Ponta Delgada (São Miguel) e Angra do Heroísmo (Terceira).

Uma regata longa, com os 22 veleiros que largaram de São Miguel a navegarem 93 milhas náuticas, até à Ilha Terceira.

Em ORC A, a contar para o Campeonato Regional de Vela de Cruzeiro, o “Again X” de Luís Quintino voltou a mostrar o seu domínio, mantendo a liderança na classificação geral da classe.

No entanto, o “Afrodite” de Rui Mendoça, a participar em OPEN, foi o veleiro mais rápido, tendo cortado a linha montada em Porto de Pipas em menos de 15 horas. Um regresso à Atlantis Cup depois de mais de uma década de ausência, com uma belíssima prestação.

A Atlantis Cup 2022, organizada pelo Clube Naval da Horta, apresenta algumas novidade. Uma delas é o recurso a geolocalização, recorrendo ao sistema Kwindoo. Através de uma aplicação de telemóvel, é possível seguir a regata, saber a velocidade das embarcações e para onde se dirigem.

“Este sistema tem várias vantagens”, explica João Morais, diretor de prova. “É possível qualquer pessoa seguir as regatas num telemóvel ou numa “smart tv”. Tem ainda a vantagem da organização poder acompanhar a frota em tempo real, melhorando a segurança”.

No final de quatro regatas (três costeiras e uma oceânica) o “Again X” lidera em ORC A, seguido pelo veleiro “Pardal”. Em ORC B “Allegro Vivace” mantém a primeira posição, com o “Jolly Jumper” em segundo.

Amanhã, as embarcações que competem em ORC, realizam um conjunto de três regatas costeiras, em Angra do Heroísmo.

A Atlantis Cup, Regata da Autonomia, é organizada pelo Clube Naval da Horta, em parceria com o Clube Naval de Ponta Delgada, Angra Iate Clube e Clube Náutico de Angra do Heroísmo.

A Atlantis Cup 2022 tem o Alto Patrocínio da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.

Pub