Atividade sísmica nos Açores continua com tendência decrescente

A atividade sísmica na parte central da ilha de São Miguel mantém-se acima dos valores de referência, embora mostrando nas últimas horas uma tendência decrescente, anunciou hoje o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA).

Em comunicado, o SRPCBA refere que, segundo o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores, “nas últimas horas” se tem vindo a evidenciar uma tendência decrescente, apesar de a atividade sísmica continuar “acima dos valores de referência”.

“Desde as 23:47 de domingo foram registadas várias centenas de microssismos com epicentro entre as lagoas do Fogo e das Furnas, na sua maioria de magnitude inferior a 3 na escala de Richter”, explica o documento.

O SRPCBA salienta que foram sentidos, até ao momento, 29 eventos, o mais forte dos quais ocorreu às 06:18, com magnitude 3,1 na escala de Richter, que foi sentido com intensidade máxima de V na escala de Mercalli Modificada.

“O último evento sentido foi registado às 13:02, com magnitude 2,0 na escala de Richter, e intensidade III na escala de Mercalli Modificada em Ponta Garça”, acrescenta.

Tem sido na faixa entre Água de Pau e Povoação, a sul, e Rabo de Peixe e Fenais da Ajuda, a norte, que os eventos se têm feito sentir, sem registo de vitimas ou danos materiais reportados.

O SRPCBA informa que vai continuar a acompanhar a situação.

 

 

Notícias relacionadas