Assembleia Municipal da Ribeira Grande recomenda estudo de alternativas para a requalificação do miradouro da Lagoa do Fogo

Estudo prévio (versão disponibilizada ao CRADS)

A Assembleia Municipal da Ribeira Grande aprovou, por proposta do PSD, um voto de recomendação ao Governo Regional para que sejam estudadas alternativas ao projeto apresentado para a requalificação do miradouro da Lagoa do Fogo.

“O projeto da Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, pela sua volumetria, pelos materiais utilizados e por todo o enquadramento paisagístico, fere a beleza do espaço, pondo em risco o que de mais rico tem a nossa Lagoa do Fogo: a sua beleza natural sem intervenção humana”, refere a recomendação apresentada pelos deputados municipais social-democratas.

Na sequência da recomendação aprovada sobre a requalificação do miradouro da Lagoa do Fogo, a Assembleia Municipal apela a que, “tendo em conta a delicadeza que o assunto e o espaço merecem, sejam promovidos estudos e projetos alternativos, ouvindo todas as partes em discussão prévia”.

“Quem sabe até realizando um concurso de ideias, de forma a que se consiga a melhor solução no reordenamento do espaço, com especiais cuidados nos materiais utilizados, os quais se devem enquadrar no ambiente natural do local, mantendo e enaltecendo a singularidade do espaço, como se faz em muitos outros locais lindíssimos desta ilha”, referem.

O voto de recomendação foi aprovado por maioria, com os votos favoráveis do PSD e a abstenção dos deputados municipais do PS.

A este propósito, a Comissão Política Concelhia do PSD da Ribeira Grande lamentou “a falta de posição do Partido Socialista na Assembleia Municipal, por não ter deixado expresso no seu sentido de voto um claro posicionamento no sentido de ser encontrada a melhor solução para um ponto turístico tão atrativo e visitado”.

“Mais uma vez o PS preferiu colocar os interesses partidários acima dos interesses do concelho da Ribeira Grande.