PUB
José Araújo

Calcula-se que esta tradição tenha cerca de 100 anos. Nas várias freguesias de cada ilha do Arquipélago dos Açores as pessoas reuniam-se às quintas-feiras, conhecidas como noites de serões, para escolher o trigo e outros cereais que seriam utilizados nas comemorações do Divino Espírito Santo. Durante a noite eram declamadas poesias e cantigas que exaltavam a amizade.

Com o passar dos anos, a tradição manteve-se, mas o objetivo evoluiu ao sabor das vontades e a acompanhar os novos tempos.

Com a celebração do Dia dos Amigos, que se celebra hoje dia 26 de janeiro, e o Dia Amigas, que se celebra na quinta-feira seguinte, dia 2 fevereiro, marcam o início das festividades da época de Carnaval nas ilhas dos Açores.

PUB

Recordo que todas estas confraternizações começam com um amigo que convida outro amigo, que por sua vez traz mais um e outro ainda. Jantam, bebem, divertem-se. Os restaurantes, bares de strip e discotecas enchem-se de homens que aproveitam para, nesse dia, matar saudades de amigosou mesmo fortalecer laços de amizade sempre acompanhados de muita comida e bebida.

Após a refeição e depois de muita risada, alguns vão até aos bares, em que por vezes, é possível encontrar shows de strip e onde o álcool ajuda a esconder a vergonha.

Esta tradição tem sido um bom pretexto para que os amigos não percam o gosto de se juntarem à volta de uma mesa e conviverem algum tempo para assim fortalecer o sentimento que os une.

A restauração e os clubes noturnos fecham as portas às mulheres e apenas autorizam a entrada a grupos masculinos. Homens, nesta noite só nos strips.

Na próxima quinta-feira (2 de fevereiro) cabe às mulheres “vingarem-se” dos homens. No Dia das Amigas, os homens ficam em casa e as mulheres saem para jantar, por vezes mascaradas com fantasias de Carnaval, para festejar o valor da amizade de forma alegre diferente. Não podemos deixar esquecer o dia 9 de fevereiro (quinta-feira) é o dia dos compadres e oito dias depois 16 de fevereiro o dia das comadres, são bem mais tranquilos. Normalmente, são festejados em família sem tanta algazarra.

Dado que este ano, em consequência da ausência da Covid19, esperamos que os festejos nas nossas ilhas possam ser com a mesma animação de outros tempos.

Não queremos perder a oportunidade de relembrar esta bonita tradição ao marcar o momento de um dos doces tradicionais que acompanha toda a época de Carnaval, que é a famosa Malassada.

E numa organização da Câmara Municipal de Ponta Delgada, vai haver o também tradicional corso de carnaval, com muita alegria e musica, com a participação das escolas e creches e agrupamentos desta cidade.

Não podemos esquecer ainda,os Corsos de Carnaval no domingo antes da 3ª feira de Carnaval, que são organizados pelas Juntas de Freguesia ou Casas de Povo.

Na 3ª feira de Carnaval e numa organização da Câmara Municipal de Ponta Delgada, vai haver a tradicional “batalha das limas” com a substituição das limas por sacos plásticos com água, na Avenida Infante D. Henrique – Ponta Delgada.

Estes grupos estão organizados em grupos e em camiões devidamente preparados para o efeito, e os seus elementos também bem protegidos, com milhares de sacos de água no seu interior para “combater” com todos aqueles que vão estar ao longo da avenida marginal.

Lembro que a avenida marginal neste dia, está encerrada à circulação automóvel, só sendo autorizada aos referidos camiões.

Nestes dias os Açorianos utilizam as redes sociais e enviam mensagens para os demais amigos e amigas. Tudo isto em homenagem à Amizade.

Fonte: http://myguide.iol.pt/profiles/blogs/cultura-dia-dos-amigos-uma

Pub