Apresentada a IV edição do Priolo Cup

A Câmara Municipal do Nordeste apresentou esta tarde, 14 de junho, a IV edição do Priolo Cup, que decorrerá nos dias 22, 23 e 24 de junho no Campo Municipal de Nordeste. O torneio destina-se a jogadores de sub-11 (jogadores nascidos nos anos 2007/2008), quer sejam federados ou não, estando confirmada a participação de 12 equipas, incluindo do continente português e uma equipa do arquipélago da Madeira.

O União Desportiva do Nordeste é o anfitrião do torneio infantil, juntando-se ao Sport Clube Canidelo (continente), ao Clube Desportivo Santa Clara, ao Clube Operário Desportivo, ao Grupo Desportivo São Roque, ao União Micaelense, ao Futebol Clube de Marinhas (continente), ao Benfica Escola de Futebol Açores, ao Clube Desportivo Rabo de Peixe, ao Clube Desportivo Os Oliveirenses e ao CRIAMAR (ilha da Madeira).

Evento pensado à dimensão do concelho

Na sessão pública de apresentação, António Miguel Soares, presidente da Câmara do Nordeste, disse que a 4ª edição do Priolo Cup foi programada de acordo com as possibilidades financeiras do município e adequada à dimensão do concelho, e deixou um agradecimento ao Centro Desportivo e Recreativo do Concelho do Nordeste, parceiro do torneio, pela eficaz e feliz organização que está a dar ao evento.

Por sua vez, o vereador do desporto da câmara municipal, Marco Mourão, falou dos objetivos que se pretende alcançar com a realização do torneio infantil, e que passam pelo enriquecimento técnico dos atletas, pela troca de vivências (muito diferentes) entre clubes, e pela experiência fantástica que com certeza os atletas levarão na memória, de um torneio que teve lugar naquele concelho, numa ilha e numa região. Por outro lado, acrescentou Marco Mourão, pretende-se com o torneio Priolo Cup o enriquecimento da atividade dos clubes locais.

O coordenador do Centro Desportivo e Recreativo do Concelho do Nordeste, Hélder Camarinha, destacou a sua satisfação pela colaboração e confiança depositada pelo município na organização do evento mais complexo do programa desportivo anual, sendo um evento de maior exigência pelo número de atletas e pela logística que envolve.

O coordenador referiu-se ainda ao grande apoio que o comércio do concelho deu a esta edição do Priolo Cup, sendo que 90 por cento do comércio respondeu positivamente ao pedido de colaboração, entre os quais estão também entidades de fora do concelho do Nordeste.

Diogo Fonseca padrinho do Priolo Cup

A IV edição do Priolo Cup conta com três convidados especiais, os quais estiveram presentes na apresentação pública realizada hoje. Diogo Fonseca, Padrinho desta edição do Priolo Cup, é um dos nomes que acarinha o torneio. O Diogo Fonseca é jogador do Sport Clube Praiense. No currículo leva a passagem por vários clubes nacionais, como o Boavista Futebol Clube, o Clube Desportivo de Tondela, o Clube Desportivo das Aves, o Clube Desportivo Feirense, o Vitória Futebol Clube, o Académico de Viseu Futebol Clube e o União Desportiva Oliveirense, a que acrescenta, ao nível internacional, O Real Mallorca B, o Futebol Club Brasov e o Granada Club Futebol.

É com orgulho que a organização da IV edição do Priolo Cup conta com a participação de Diogo Fonseca como Padrinho do torneio, sendo uma presença que os atletas irão certamente apreciar, juntando-se o facto de ser um jogador conhecido à sua experiência, juventude e boa disposição.

O Diogo Macedo Medeiros – jovem promessa nordestense – é outro dos convidados desta edição. O atleta é natural do concelho do Nordeste, da freguesia do Nordeste, nascido em 2002. Frequenta a Escola Básica e Secundária deste concelho, o 9º ano de escolaridade, e desde os 6 anos de idade que pratica desporto, concretamente futebol, no Clube União de Nordeste, até à época 2015/2016.

Na Época 2015/2016, foi selecionado para participar no Torneio Inter- Associações Sub-14 – Lopes da Silva, que decorreu em junho na Madeira, tendo participado também no Torneio Regional Inter – Associações Sub- 14.

Na Época 2016/2017, ingressou no Clube Desportivo de Santa Clara, com o clube a vencer nesta época o Campeonato de São Miguel, o Campeonato Regional Inter-Clubes, que decorreu nas ilhas Terceira e Faial, tendo ido às Nacionais em Oeiras e arrecadado a Taça de São Miguel.

Em 2017/2018, o Diogo Participou nos jogos da Seleção Inter- Associações Sub-16, que decorreram no Pico da Pedra e, recentemente, foi selecionado para a Seleção Açores. O estágio decorreu na ilha Terceira, em maio, e os Jogos das Ilhas, também em maio, nas Ilhas Sicília em Itália.

Nesta época, o atleta participou em outras atividades desportivas por ocasião das festividades do concelho e, recentemente, no dia 25 de Abril, nos jogos Inter – Freguesias, sendo o melhor marcador.

Armando Fontes embaixador do Priolo Cup  

O terceiro convidado, presente nesta edição como embaixador do Priolo Cup 2018, é Armando Gonçalo de Medeiros Fontes, figura de renome do futebol. Nasceu em 1958 em Vila Franca do Campo, tendo começado por dar o primeiros pontapés na bola na Rua 24 de Junho com os colegas e amigos que moravam na mesma zona, o que geralmente se fazia na altura, visto não haver escalões de formação onde residia.

A Associação de Futebol de Ponta Delgada abriu uma exceção permitindo a sua inscrição na equipa de júniores do Desportivo de Vila Franca, onde permaneceu duas temporadas.

Aos 17 anos de idade transitou para o escalão sénior, onde continuou a distinguir-se como goleador. Nesse ano, o Desportivo de Vila Franca sagrou-se campeão da I Divisão da Associação de Futebol de Ponta Delgada.

Os êxitos obtidos pelos “Pretos” ficaram a dever-se, em grande parte, ao talento de Armando Fontes, que não passou despercebido, na altura, à melhor equipa do futebol açoriano – o Lusitânia de Angra de Heroísmo.

Na época de 78/79, Armando Fontes transitou para o Sporting Clube Lusitânia, como profissional B, onde deu seguimento à sua ascendente carreira.

Naquela época, o Lusitânia sagrou-se não só campeão da Terceira, como campeão dos Açores, o que fez com que a equipa terceirense ascendesse à terceira divisão nacional, sendo a primeira equipa açoriana a militar num campeonato nacional.

O talento e as exibições de Armando Fontes não passaram despercebidos aos maiores do futebol português e, na época de 79/80, com 20 anos de idade, ingressou, como futebolista profissional, no Sporting Clube de Braga, onde permaneceu por 8 temporadas.

Enquanto ao serviço da turma bracarense, representou a Seleção Nacional de Esperanças por cinco vezes, foi chamado à Seleção Nacional A que disputou o Campeonato Mundial do México.

Durante os anos que representou o Sporting de Braga, a equipa minhota apurou-se por três vezes para competições da UEFA, nas épocas de 79/80, 82/83 e 84/85, e foi finalista da Taça de Portugal (com o Sporting) na época de 82/83.

Na época de 87/88, Armando Fontes passou a representar o Desportivo de Chaves, contribuindo de forma decisiva para que a equipa flaviense terminasse o campeonato da I Divisão num honroso quinto lugar, o que a levou a participar, pela primeira e única vez, numa prova europeia.

Na época de 88/89 regressou a São Miguel, ingressando no Desportivo de Santa Clara, onde jogou por três temporadas, até pôr fim à sua carreira como futebolista profissional. Armando Fontes continuou, todavia, ligado ao futebol, não como praticante, mas como treinador, continuando a somar êxitos. Iniciou a carreira de treinador na Santa Clara, onde permaneceu durante 1 ano. Transitou seguidamente para Clube Operário, da Lagoa. Como técnico da turma lagoense, ganhou tudo o que havia para ganhar, levando a equipa a ingressar, pela primeira vez, no campeonato nacional da 3ª divisão, feito que conseguiria também como treinador do Clube União Micaelense.

Armando Gonçalo de Medeiros Fontes, nascido a 18-01-58 em Vila Franca do Campo, começa por dar o primeiros pontapés na bola na Rua 24 de Junho com os colegas e amigos que moravam na mesma zona, o que geralmente se fazia na altura, visto não haver escalões de formação onde residia.

Sorteio das equipas

No final da apresentação pública do torneio infantil procedeu-se ao sorteio das equipas que integram o torneio, com a ajuda dos anfitriões da festa, os atletas de sub-11 do União do Nordeste.

Comissão organizadora, comité desportivo, equipa médica e comissão de honra

A apresentação pública da IV edição do Priolo Cup contou com a presença significativa das diferentes equipas que trabalham na organização do torneio e que estarão na sua realização. A comissão organizadora está a cargo do vereador do pelouro do desporto, Marco Mourão, de Hélder Camarinha (coordenador do Centro Desportivo e Recreativo do Nordeste), de Jorge Lopes (também coordenador do CDRCN) e de três professores da EBS de Nordeste, concretamente, Óscar Carreiro, David Cordovil e Manuel Pontes.

No comité desportivo, além do vereador do desporto da Câmara do Nordeste, estarão o presidente da Associação de Futebol de Ponta Delgada, Robert Câmara, o presidente do União do Nordeste, Sário Raposo, Arnaldo Sousa, presidente do Achada Futebol Clube, Rafael Gatto, treinador deste último clube, e Paulo Carreiro, treinador do União do Nordeste.

A equipa médica é composta pelo médico fisiatra António Raposo, por Ana Paula Galante, do Centro de Saúde de Nordeste, Rafael Gatto, Ana Coelho e Vitor Magina, fisioterapeutas.

A Comissão de honra é apadrinhada pelo presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, pelo presidente da Câmara do Nordeste, António Miguel Soares, pelo diretor do Serviço de Desporto de São Miguel, Rui Melo, pelo presidente do conselho executivo da EBS de Nordeste, Nuno Amaral, e pelo médico fisiatra e presidente da Assembleia Geral dos Veteranos de Nordeste António Raposo.

A IV edição do Priolo Cup abrirá com uma jornada de desporto, sobre nutrição, prevenção, planeamento e treino, inserida na Associação de Futebol de Ponta Delgada e na formação contínua geral de treinadores, onde intervirão cerca de 10 oradores.

Encontra mais informações sobre o Priolo Cup aqui:

https://www.priolocupnordeste.pt/index.html