Aposta do Governo na qualificação dos Açorianos garante 70% de empregabilidade

A Diretora Regional do Emprego e Qualificação Profissional afirmou, em Ponta Delgada, que a aposta do Governo na formação e qualificação dos Açorianos tem sido “essencial” para a empregabilidade e para potenciar a competitividade das empresas regionais.

“Os resultados têm demonstrado que a formação e qualificação são essenciais para potenciar, facilitar a empregabilidade dos Açorianos”, frisou Paula Andrade, adiantando que “cerca de 70% dos adultos que beneficiaram de formação no âmbito da Rede Valorizar continuam a trabalhar”.

Paula Andrade, que falava terça-feira na entrega de certificados dos Cursos ABC a 17 adultos, lembrou que estes Cursos de Aquisição Básica de Competências, criados pelo Governo dos Açores, “visam dotar os adultos de mais qualificações e de maiores níveis de escolaridade, contribuindo, também por esta via, para o aumento da sua empregabilidade e valorização profissional”.

Dirigindo-se aos 17 ativos empregados agora certificados com o 9.º ano de escolaridade, a Diretora Regional destacou o seu empenho.

“Penso que é de se evidenciar o vosso esforço e empenho, pois não é fácil conciliar a vida profissional, a vida familiar e a frequência de um curso noturno”, disse a Diretora Regional, acrescentando que, “tanto neste, como noutros casos, o sacrifício acaba por ser muito gratificante”.

Para Paula Andrade, a qualificação dos Açorianos é “essencial para a empregabilidade, bem como para potenciar a competitividade das empresas, contribuindo, assim, também para um melhor emprego, mais bem remunerado”.

A Rede Valorizar forma atualmente, em média, mais de 1.350 pessoas por ano.