Andreia Carreiro destaca “participação imprescindível” dos municípios na implementação da mobilidade elétrica

A Diretora Regional da Energia destacou hoje a “participação imprescindível das câmaras municipais açorianas na implementação da mobilidade elétrica, em estreita colaboração com o Governo”, concretizando a política energética regional de fomento da eletrificação dos transportes terrestres no arquipélago.

Andreia Carreiro falava, na Vila da Povoação, na inauguração do ponto de carregamento para veículos elétricos deste município, instalado no âmbito dos contratos ARAAL celebrados entre o Governo dos Açores e as câmaras municipais.

“Este ano serão disponibilizados aos Açorianos 18 pontos de carregamento para veículos elétricos de acesso público, sendo que nove resultam desta parceria estabelecida com os municípios”, localizados em Lagoa, Vila Franca do Campo, Povoação, Praia da Vitória, Angra do Heroísmo, Lajes do Pico, São Roque do Pico, Santa Cruz das Flores e Vila do Corvo, salientou a Diretora Regional.

De igual modo, ficarão disponíveis nove pontos de carregamento rápido em Vila do Porto, Ponta Delgada, Angra do Heroísmo, Praia da Vitória, Santa Cruz da Graciosa, Madalena, Horta e Velas.

“Estamos a falar de uma rede pública que, até ao final do primeiro semestre de 2020, terá 26 localizações de carregamento em funcionamento, escolhidas de forma estratégica, garantindo não só a cobertura integral de todos os concelhos das nossas nove ilhas, mas também a segurança e o conforto dos utilizadores de veículos elétricos”, afirmou Andreia Carreiro.

Segundo referiu, “para que os utilizadores dos veículos elétricos possam usufruir desta rede, integrada na MOBI.E, entidade gestora da rede de mobilidade elétrica nacional, é essencial que procedam à contratualização de uma tarifa para o efeito com um Comercializador de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica (CEME)”.

“Posteriormente, o utilizador recebe um cartão de mobilidade elétrica necessário para carregar o seu veículo elétrico nos pontos de carregamento de acesso público, de acordo com o regulamento da mobilidade elétrica”, acrescentou Andreia Carreiro.

A listagem dos CEME pode ser consultada no site da MOBI.E em www.mobie.pt.