Pub

O candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal de Ponta Delgada, André Viveiros, destacou, esta terça-feira, o papel que a autarquia pode ter na divulgação e dignificação pública da profissão de Guias de Informação Turística dos Açores.

À margem da reunião com a AGITA – Associação de Guias de Informação Turística dos Açores, o candidato Socialista destacou a importância de se organizarem workshops e encontros, nos quais cada município, e no caso específico Ponta Delgada, pode ter uns fiéis aliados se conseguir, nestes encontros, passar informação do seu concelho, das cidades e das freguesias”.

Para André Viveiros, estes encontros possibilitam que se fique a conhecer melhor o nosso concelho e, “sabendo mais, melhor divulgam o nosso concelho, mais atraem o turismo para o nosso concelho e ao mesmo tempo conseguem dispersar os turistas no sentido de aliviar a pegada ecológica”.

Mas neste encontro foi ainda abordada a questão associada à serra Devassa e à sobrecarga de turistas, bem como o papel que a Câmara pode vir a ter no futuro, “no sentido de introduzir alguma disciplina no acesso a essa montanha e nos carreiros que tem vindo a crescer todos os anos com a afluência de mais turistas”.

Pub

Nesse sentido, o candidato do PS defendeu que a autarquia “vai ter de trabalhar esta situação em conjunto com os guias turísticos dos Açores”, no caso concreto com os de Ponta Delgada e de São Miguel.

O problema da certificação regional foi igualmente referido neste encontro, com André Viveiros a destacar as três dimensões da interpretação que integram a certificação regional, nomeadamente o guia interprete, o guia interprete de montanha e o guia interprete de natureza.

“Foram abordadas questões associadas à certificação, e que pressupõe alguma concorrência desleal em termos de mercado, uma vez que há grupos de turistas que chegam à nossa ilha, acompanhados por guias nacionais ou internacionais, portanto, a questão da certificação desses guias, gera aqui alguma situação de incompatibilidades na prestação de serviço”, assegurou o candidato do PS à Câmara Municipal de Ponta Delgada, André Viveiros.

Pub