Aliança/Congresso: Santana Lopes com desafio “especial” mas sem “pieguices”

O fundador do Aliança, Pedro Santana Lopes, considerou hoje um desafio “especial” e com “emoção”, mas “sem pieguices”, o congresso do partido que arrancou em Évora e manifestou-se “virado para o presente e para o futuro”.

“É especial, é muito especial, mas sem pieguices, sem pieguices. Mas com certeza que dá alguma emoção”, afirmou o líder do Aliança, em declarações aos jornalistas, à entrada para o congresso fundador do partido.

Questionado se tem alguma nostalgia do PPD/PSD, partido que chegou a liderar e do qual saiu em agosto do ano passado para, depois, criar o Aliança, Santana Lopes disse que não.

“Gosto de honrar todos aqueles com quem partilhei combates e respeitá-los e, por isso, ninguém me ouve, nem ouvirá, dizer mal das ‘casas’ onde já estive”, afirmou, frisando que, agora, está “todo virado para o presente e para o futuro”.

Partilha

Notícias relacionadas