Pub

“A reação que vimos hoje demonstra que o PSD/Açores nunca esteve interessado em esclarecer a situação dos transportes marítimos nos Açores, o verdadeiro objetivo de Alexandre Gaudêncio em reunir com o Presidente do Governo era o de dar uma prova de vida política para apaziguar os seus críticos internos, como que pretendendo credibilizar a chefia impreparada e amadora do seu partido ao sentar-se à mesma mesa com o Presidente Vasco Cordeiro”, afirmou José San-Bento, vice-presidente do Grupo Parlamentar do PS/Açores, em reação às declarações de Alexandre Gaudêncio, esta terça-feira.

José San-Bento lamenta que o PSD/A desvalorize a disponibilidade do Governo Regional dos Açores para prestar os esclarecimentos solicitados: “Este PSD/A faz birras com frequência. Se o PSD realmente estivesse interessado em saber o que se passou no arranque da operação de verão do transporte marítimo nos Açores, valorizava a disponibilidade da Secretária Regional dos Transportes e do Presidente da Atlanticoline para reunir com Alexandre Gaudêncio e Sabrina Furtado”.

“Tendo em conta as dúvidas «técnicas e operacionais» que o PSD/Açores manifestou, o Presidente do Governo dos Açores entendeu, e muito bem, encaminhar o assunto para quem pode, precisamente, prestar essas informações mais detalhadas. Afinal, o objetivo do PSD era esclarecer as suas dúvidas «técnicas e operacionais» ou o que realmente pretendiam era apenas criar mais um caso de politiquice?”, questionou o parlamentar.

José San-Bento considera que o “perante dificuldades ou problemas, o Governo dos Açores tem sido totalmente transparente, neste e noutros assuntos, tendo a Secretária Regional dos Transportes manifestado, por iniciativa própria, a sua vontade de prestar esclarecimentos aos deputados da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, o que aconteceu na passada sexta-feira durante mais de 7 horas”.