A reunião, convocada por Alexandre Gaudêncio, decorrerá na tarde de dia 25 na freguesia da Terra Chã, em Angra do Heroísmo, adianta o partido, em comunicado.

O candidato derrotado nas eleições de 2018 para a liderança do PSD/Açores, Pedro Nascimento Cabral, pediu segunda-feira que seja marcado “o quanto antes” um Conselho Regional que debata o futuro do partido após as derrotas nas europeias e legislativas.

Numa publicação na rede social Facebook, Nascimento Cabral frisa que das eleições legislativas de domingo resultou uma “derrota clara e inequívoca do PSD/Açores”, liderado por Alexandre Gaudêncio, que fez recentemente um ano à frente da estrutura partidária.

Numa reação à decisão de Alexandre Gaudêncio, também na sua página pessoal no Facebook, Pedro Nascimento Cabral considera que a decisão de marcar o Conselho Regional do PSD Açores para uma sexta feira, na Terceira, “tem apenas o propósito de impedir ou dificultar a deslocação dos conselheiros regionais das demais ilhas dos Açores à reunião que pode traçar o seu futuro político”.

“Se tivesse marcado a reunião do Conselho Regional para o dia 26 de outubro, sábado, assegurava uma maior participação dos conselheiros regionais de todas as ilhas, permitindo, assim, um debate e uma votação mais amplos em relação aos assuntos em análise”, declara o adversário de Alexandre Gaudêncio.

Para Pedro Nascimento Cabral, José Manuel Bolieiro, como presidente da mesa do Conselho Regional, “tinha a obrigação de alertar Alexandre Gaudêncio para esta lamentável situação”.