Pub

O treinador português Daniel Ramos e o Al-Faisaly FC rescindiram contrato por mútuo acordo, informou hoje nas suas redes sociais o clube 13.º classificado no campeonato saudita de futebol.

“A direção do clube, presidida por Fahd bin Abdulmohsen Al-Medlej, decidiu rescindir o contrato do treinador Daniel Ramos, por mútuo consentimento”, refere o clube na rede social Twitter, cinco meses após a contratação do técnico português.

Daniel Ramos, que esta época ainda treinou o Santa Clara até à oitava jornada, chegou ao Al-Faisaly em outubro do último ano, substituindo então o treinador italiano Paolo Tramezzani.

O despedimento do português acontece dois dias depois de ser goleado na visita ao Al Fateh (14.º), por 4-1, em jogo em atraso da 10.ª jornada do campeonato e quando o Al-Faisaly está em 13.º lugar, uma posição acima da zona de descida, com apenas mais um ponto.

Pelo Al-Faisaly, Daniel Ramos teve apenas uma vitória no campeonato, cinco derrotas e três empates, perdendo ainda a Supertaça para o Al-Hilal (2-2, 4-3 nas grandes penalidades).

Pub