Adesão à greve dos técnicos de diagnóstico ronda os 85% a nível nacional

A greve de 24 horas dos técnicos de diagnóstico está a ter uma adesão a nível nacional que ronda os 85%, chegando aos 100% nalguns serviços, sobretudo ao nível das colheitas de sangue, segundo o sindicato.

Em declarações à Lusa, Luis Dupont, presidente do Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áreas do Diagnóstico e Terapêutica, disse que os dados indicam que a greve a nível nacional “teve uma adesão a rondar os 80 a 85%, com alguns hospitais a 90%, como Beja, Évora, Viseu e Garcia de Orta (Almada)”.

“Nos grandes hospitais, como o Hospital de S. João, os Hospitais da Universidade de Coimbra e São José e Santa Maria, por exemplo, a adesão é de 80 a 85% na globalidade dos serviços”, acrescentou Luis Dupont.

Partilha

Notícias relacionadas