Pub

Os Açores administraram 55 mil doses de vacinas de reforço contra a covid-19, tendo chegado já a 70% da população com mais de 65 anos, revelou hoje o diretor regional da Saúde.

“Os Açores já têm praticamente 70% da população com mais de 65 anos com a vacinação de reforço. Isto é muito relevante, em termos da redução de óbitos e das situações mais complicadas associadas a estas infeções”, afirmou, em declarações aos jornalistas, o diretor regional da Saúde, Berto Cabral, à margem de uma operação de testagem em massa na Escola Infante D. Henrique, em Angra do Heroísmo.

Segundo Berto Cabral, “até terça-feira, tinham sido [administradas] 55 mil doses” de reforço contra a covid-19 na região.

Esta semana abriram três centros de vacinação nas ilhas Terceira (Angra do Heroísmo e Praia da Vitória) e São Miguel (Ribeira Grande) e, na semana passada, tinha já aberto um centro de vacinação em Ponta Delgada (São Miguel), cidade mais populosa do arquipélago.

“A região neste momento já está a administrar entre 2.000 a 2.500 doses de reforço por dia. Estamos a falar de números que são mais do dobro do que estávamos a conseguir fazer em dezembro. É o acelerar do processo da dose de reforço”, frisou o diretor regional da Saúde.

Neste momento, é administrada a dose de reforço, por marcação ou em regime de casa aberta, a pessoas com mais de 50 anos, mas, a partir da próxima semana, deverão ser abrangidas também as pessoas com mais de 40 anos.

“Iremos baixar a faixa etária dos elegíveis para a vacinação de reforço e iremos arrancar na próxima semana com a vacinação das crianças entre os 5 e os 11 anos”, disse Berto Cabral.

Segundo o diretor regional da Saúde, o Plano Regional de Vacinação contra a covid-19 deverá ser atualizado na próxima semana, contendo a calendarização da disponibilização da dose de reforço às diferentes faixas etárias.

“Vai ficar o plano feito com a data a partir da qual as pessoas com idade superior a 40 anos passam a ser elegíveis, depois com idade superior a 30 anos, de forma a que não tenhamos de estar sempre a alterar o plano de vacinação para introduzir novos grupos etários”, explicou.

Segundo o mais recente boletim da Autoridade de Saúde Regional, divulgado na quarta-feira, até 05 de janeiro, foram administradas nos Açores 418.394 doses de vacinas contra a covid-19, tendo vacinação primária completa 85,2% da população.

Os Açores tinham na quarta-feira 2.801 casos ativos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19, sendo 1.857 em São Miguel, 499 na Terceira, 225 no Faial, 127 no Pico, 39 em Santa Maria, 24 nas Flores, 21 em São Jorge, cinco no Corvo e quatro na Graciosa.

Pub