Açores são segunda região do país em que o número de desempregados mais desceu

Carlos Silva enaltece dinâmica empresarial e esforço dos trabalhadores na descida consecutiva do número de desempregados na Região.

“Os dados agora divulgados pelo IEFP [Instituto do Emprego e Formação Profissional] atestam bem a trajetória de recuperação do nível de emprego nos Açores, fruto da dinâmica empresarial e do esforço dos trabalhadores, com o número de Açorianos desempregados a diminuir de forma consistente, mês após mês”, afirmou Carlos Silva. O deputado reagia assim aos últimos dados divulgados pelo IEFP, o qual regista que a Região Autónoma dos Açores teve a segunda maior descida no número de desempregados do país.

“Numa análise por regiões, os Açores registaram a segunda descida mais acentuada (-11%) em julho de 2019, em comparação com o período homólogo do ano anterior”, disse.

Nos Açores, segundo o mesmo documento, estavam registados 7.058 desempregados em julho deste ano, o que evidencia uma redução significativa de menos 880 pessoas inscritas como desempregadas, face ao mês de julho de 2018, quando estavam registados 7.938 desempregados.

O deputado do PS/Açores sublinha que o número de Açorianos registados em programas ocupacionais também continua a descer de forma consecutiva, “contrariando assim os ‘profetas da desgraça’ e alguma oposição que teima em não reconhecer a recuperação acentuada da taxa de desemprego, desde 2014”.

“São dados importantes que reforçam a confiança dos empresários e das famílias Açorianas nas políticas implementadas pelo Governo Regional do Partido Socialista e que servem de estímulo para melhorar ainda mais o nível de bem-estar dos Açorianos, sobretudo daqueles que lutam por obter emprego de qualidade e um salário digno. Não nos resignamos com os sucessos já alcançados, trabalhando todos os dias para superar novos desafios!”, realçou o Deputado Socialista Carlos Silva.