Pub

Numa nota enviada às redações, a Secretaria Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego refere ter identificado, “no final do mês de novembro, 6.295 desempregados inscritos, verificando que, no mesmo período, foram preenchidas mais 172 ofertas de emprego, que se traduziram na colocação de 178 açorianos no mercado de trabalho”.

De acordo com o boletim mensal da Direção Regional de Qualificação e Emprego, entidade tutelada pela Secretaria Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, verificou-se “uma variação homóloga negativa de 9,58% e um incremento de 0,67% nos inscritos à procura de primeiro e novo emprego em novembro, face a outubro”.

A grande maioria dos desempregados, 74,18%, “enquadram-se nas atividades do setor dos serviços” e “correspondem a 89,20% da totalidade dos desempregados inscritos”, acrescenta.

A ilha de São Miguel tem “66,89% dos desempregados na Região, a ilha Terceira tem 17,46%, o Pico 4,97% e o Faial 3,24%”, lê-se na mesma nota.

Por concelhos, em novembro, Ponta Delgada, Ribeira Grande e Angra do Heroísmo representavam 59,06% da totalidade dos desempregados identificados nos Açores.

Os dados agora divulgadas referem ainda que, em novembro deste ano, existiam 3.976 ocupados no arquipélago em programas de inserção socioprofissional

Quanto às medidas de promoção de emprego jovem, foram observados “3.235 jovens a desenvolver projetos em contexto real de trabalho”, com destaque para os programas Estagiar L e T.

Em formação, no mês de novembro, “estavam 552 açorianos”, indica o Governo Regional de coligação PSD/CDS-PP/PPM.

Pub