Pub

Os Açores vão disponibilizar, a partir de junho, folhetos informativos sobre as regras de segurança rodoviária na região que serão entregues a turistas nas ‘rent-a-cars’, nos aeroportos e em postos de turismo.

A campanha de sensibilização “Bem-vindo aos Açores” surge por iniciativa da Associação de Prevenção Rodoviária Açoriana (PRA) e “a sua distribuição está prevista, a partir de junho, em todas as ilhas dos Açores, com especial incidência nas ‘rent-a-cars’, nos aeroportos, nas delegações e postos de turismo”, adiantou a secretária regional das Obras Públicas e Comunicações, Ana Carvalho.

“Com este ‘flyer’, de leitura simples, mas repleto de informação essencial, a prevenção rodoviária nos Açores marca uma nova etapa, o contributo para que o destino Açores seja também considerado um destino de eleição em matéria de segurança rodoviária”, declarou a governante.

Pub

A secretária regional falava na sessão de apresentação deste instrumento, que aconteceu hoje, em Ponta Delgada, e onde esteve também presente o presidente da Associação de Prevenção Rodoviária Açoriana.

A campanha disponibiliza um folheto bilingue, onde são explicadas aos turistas as regras e hábitos das estradas açorianas, para prevenir a sinistralidade que surgiu com o aumento da circulação de viaturas alugadas.

Walter Adrahi, presidente da PRA, admitiu que “em 2019, com o aumento bastante intenso da quantidade de turistas e com o aumento enorme do número de carros de aluguer, foi necessário tomar algumas medidas”.

“Com o aumento dos fluxos de turismo na região, observou-se um aumento de situações de conflito por infração de determinadas regras, que podem comprometer a segurança rodoviária”, adiantou o responsável.

Depois de um aumento significativo da sinistralidade e do número de mortes em 2019, em 2020, ano marcado pela pandemia de covid-19, os acidentes nas estradas açorianas diminuíram.

Os dados mostram que, entre 2010 e 2020, o pico do número de mortes nas estradas dos Açores foi em 2019, com 28 mortes. Antes disso, verificaram-se quase sempre menos de 20 óbitos, exceto em 2011, ano em que faleceram 22 pessoas.

No ano passado, com a diminuição da circulação, houve 2.875 acidentes na região, em comparação com 3.490 no ano anterior.

Morreram 12 pessoas em acidentes de viação em 2020 nos Açores.

 

Pub