Pub

Os Açores estão a instalar, em todas as ilhas, um novo sistema de abastecimento que “disciplina e racionaliza as quantidades de água” de “uso exclusivo” para a agricultura, anunciou hoje o secretário regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural.

Segundo António Ventura, citado numa nota publicada na página da internet do Governo Regional (PSD/CDS-PP/PPM), o método evita que a água seja utilizada por “outras atividades económicas”.

Este sistema “é de uso exclusivo para os agricultores que possuem uma chave eletrónica de acesso ao abastecimento da água”, sendo que o primeiro terreno a receber este sistema está situado na freguesia da Terra-Chã, em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, acrescentou o governante.

Para o titular pela pasta da Agricultura nos Açores, trata-se de “um passo importante para a sustentabilidade do abastecimento de água à agricultura e na gestão global da captação, armazenamento e abastecimento de água”.

“Todos os novos postos de abastecimento de água passarão a contar com estas características de sustentabilidade”, garantiu.

De acordo com o comunicado do executivo, o Instituto Regional de Ordenamento Agrário (IROA) inaugurou na semana passada duas empreitadas ao nível de abastecimento de água e caminhos agrícolas no valor de 380 mil euros, no concelho de Angra do Heroísmo.

Relativamente ao abastecimento de água agrícola foi executada uma empreitada do prolongamento da rede nas Veredas, que contempla um ponto de abastecimento com chave magnética de controle, uma conduta distribuidora de 2.400 metros, com 27 ramais à parcela, e que abrange uma área de 380 hectares, segundo informou o Governo Regional.

Tratou-se da “primeira obra na área que contempla o alargamento do perímetro de ordenamento agrário da zona poente da ilha Terceira recentemente criado pela IROA”, lê-se ainda na nota.

Pub