PUB

Os Açores tinham 5.620 desempregados inscritos no Centro de Qualificação e Emprego, em outubro, mês durante o qual 182 açorianos foram colocados no mercado de trabalho, informou hoje a secretaria regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego.

O Governo Regional dos Açores, através da Secretaria Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, identificou, no final do mês de outubro, 5.620 desempregados inscritos no Centro de Qualificação e Emprego da região, constatando que, no mesmo período, foram preenchidas mais 172 ofertas de emprego, que se traduziram na colocação de 182 açorianos no mercado de trabalho, refere o executivo de coligação PSD/CDS-PP/PPM no ‘site’ oficial.

Segundo o boletim mensal da Direção Regional de Qualificação Profissional e Emprego, entidade tutelada pela secretaria regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, “o desemprego registado nesse mês sofreu uma redução de 10,12% em relação ao mês homólogo e uma variação de 0,36% em relação ao mês anterior”.

PUB

A grande maioria dos desempregados, 74,24%, eram oriundos das atividades do setor dos serviços e correspondiam a 86,19% da totalidade dos desempregados inscritos, refere a nota do executivo açoriano (PSD/CDS-PP/PPM).

Por ilhas, São Miguel regista 67,63% do total dos desempregados no arquipélago, a Terceira, 16,92%, o Pico 4,77% e o Faial 3,27%.

Por concelhos, em outubro, Ponta Delgada, Ribeira Grande e Angra do Heroísmo representavam 57,76% da totalidade dos desempregados identificados nos Açores.

Ainda de acordo com os dados agora divulgados, em outubro existiam 2.946 ocupados no arquipélago em programas de inserção socioprofissional, dos quais 1.431 homens e 1.515 mulheres.

Quanto às medidas de promoção do emprego jovem, foram contabilizados 1.558 jovens a desenvolver projetos de estágio em contexto real de trabalho, com destaque para o Estagiar L e T.

Em formação estavam 340 açorianos em outubro, segundo os dados.

Pub