Pub

Os Açores registaram no primeiro trimestre do ano 342,4 mil dormidas em alojamentos turísticos, um número superior em 191,7% ao verificado no mesmo período de 2021, revelou hoje o Serviço Regional de Estatística da região (SREA).

“De janeiro a março, no conjunto dos estabelecimentos de alojamento turístico (hotéis, hotéis-apartamentos, apartamentos turísticos, pousadas, unidades de turismo no espaço rural e unidades do alojamento local) da Região Autónoma dos Açores registaram-se 342,4 mil dormidas, valor superior em 191,7% ao registado em igual período de 2021”, lê-se numa publicação divulgada hoje pelo SREA.

Nos primeiros três meses do ano, a estadia média dos turistas no arquipélago foi de 2,84 noites.

De janeiro a março, os residentes em Portugal representaram cerca de 216,3 mil dormidas (um crescimento homólogo de 126,3%), enquanto os estrangeiros foram responsáveis por 126,1 mil dormidas (um aumento de 478,4% face ao igual período do ano passado).

Naqueles meses, 232,4 mil dormidas aconteceram em hotéis: a ilha de S. Miguel teve 153,8 mil dormidas (66,2% do total), seguindo-se a Terceira com 53,8 mil dormidas, o Faial com 11,5 mil e o Pico com 4,8 mil dormidas.

De janeiro a março, o turismo em espaço rural registou 5,5 mil dormidas (um acréscimo homólogo de 148,2%) e o alojamento local foi responsável por 104,5 mil dormidas (mais 138,6% do que no período homologo).

Quanto ao mês de março, os estabelecimentos de alojamento turístico registaram 160,7 mil dormidas, um acréscimo de 192,3% face a março de 2021, sendo que 114,2 mil dormidas aconteceram em unidades hoteleiras, 2,1 mil em unidades de turismo em espaço rural e 44,5 em alojamento local.

Pub