Pub

Os Açores diagnosticaram, na última semana, 165 novos casos de infeção pelo SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19, menos 67 do que na semana anterior, tendo agora 167 casos ativos, revelou hoje a Autoridade de Saúde Regional.

Segundo o boletim semanal sobre a situação epidemiológica no arquipélago, entre 30 de setembro e 06 de outubro foram detetados 165 casos de infeção, resultantes de 1.744 testes.

Foram registadas também 245 recuperações, havendo 167 casos ativos de infeção, um decréscimo de 80 face à semana anterior.

De acordo com o boletim da Autoridade de Saúde Regional dos Açores, não foram registadas mortes por covid-19 na última semana.

Há dois utentes internados com infeção por SARS-CoV-2 na região, menos quatro do que na semana anterior.

Os dois utentes estão internados devido à covid-19, um no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, e outro no Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, mas nenhum em cuidados intensivos.

A ilha de São Miguel, a maior do arquipélago, foi a que contabilizou mais novos casos de infeção (121), seguindo-se Terceira (12), Faial (12), Santa Maria (10), Pico (6), São Jorge (2) e Graciosa (2).

Flores e Corvo não registaram novos casos de infeção por SARS-CoV-2 na última semana e as Flores não têm casos ativos, enquanto o Corvo tem apenas um.

Segundo a Direção Regional da Saúde, foram administradas nos Açores 572.737 doses da vacina contra a covid-19, estando inoculada 92,5% da população elegível com a vacinação completa (218.661) e 54,8% (129.624) com a dose de reforço.

A vacinação pediátrica foi iniciada em 43,9% (7.479) das crianças dos 5 aos 11 anos, estando 28,8% (4.903) com a vacinação completa.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, foram confirmados na região 120.902 casos de infeção por SARS-CoV-2, 117 óbitos por covid-19 e 120.304 recuperações.

Pub