A cooperação é um dos eixos de desenvolvimento dos Açores, afirma João Ponte

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje, na ilha de São Miguel, que a cooperação entre o Governo dos Açores e diversas entidades e instituições é um dos eixos de desenvolvimento da Região, pelo que, da parte do Executivo, há total disponibilidade para continuar a aprofundá-la.

“Essa cooperação existe e faz-se aos mais diversos níveis, com resultados muito positivos para toda a comunidade, pelo que é um trabalho que importa continuar e aprofundar no futuro”, referiu João Ponte, que falava na cerimónia de inauguração da carreira de tiro de 50 metros do Clube de Tiro de São Miguel, no concelho da Ribeira Grande.

A obra de beneficiação da única carreira de tiro civil existente em São Miguel resultou de um investimento de 48 mil euros, suportado pelo Governo dos Açores, através das secretarias regionais das Obras Públicas e Transportes e da Agricultura e Florestas, proporcionando mais e melhores condições para o treino e para a afinação da pontaria com armas de fogo, cumprindo todas as regras de segurança legalmente exigidas.

O governante considerou que a cooperação que se estabeleceu entre o Governo dos Açores e o Clube de Tiro de São Miguel é um bom exemplo, pois irá proporcionar agora melhores condições quer aos associados, quer aos guardas florestais, caçadores e agentes da PSP que utilizam esta infraestrutura para formação e treino.

Quanto à ambição da direção do Clube de Tiro de São Miguel de concretizar novas obras de melhoria no recinto onde está localizada a sede social e as carreiras de tiro de 25 e 50 metros, bem como de tiro aos pratos, João Ponte garantiu que “da parte do Governo dos Açores haverá sempre disponibilidade para cooperar, pois a cooperação trás sempre bons resultados”.

O Clube de Tiro de São Miguel, fundado em 1954, tem contribuído ao longo da sua história para o desenvolvimento, designadamente da caça, e para a formação de muitas gerações de caçadores.