A quarta edição da Gala do Desporto de Ponta Delgada vai realizar-se no próximo dia 22 de fevereiro, pelas 21h30, no Coliseu Micaelense, homenageando, a título póstumo, um dos maiores pilotos açorianos de rali de todos os tempos: Horácio Franco. Também a surfista Tânia Oliveira, que faleceu prematuramente, será homenageada nesta iniciativa solidária da Câmara Municipal, presidida por José Manuel Bolieiro.

O anúncio foi feito em conferência de Imprensa, realizada no Centro Municipal de Cultura, pelo Vereador que tutela a área do Desporto, Pedro Furtado.

A realização da Gala do Desporto em fevereiro, contrariamente ao que aconteceu nos últimos três anos, em que decorreu sempre no mês de outubro, ficou a dever-se à realização do último escrutínio eleitoral. Contudo, e tendo em conta que muitas modalidades desportivas ocorrem entre janeiro e dezembro, a Câmara vai passar a realizar a Gala do Desporto sempre em fevereiro.

Os prémios da edição deste ano são relativos à época de 2016-2017 e a Gala tem como grandes objetivos, além de se constituir como uma grande festa do desporto com a participação de todos os clubes, entidades e agentes do desporto de Ponta Delgada, reconhecer o mérito desportivo de atletas, dirigentes e associações, bem como incentivar os demais desportistas.

Em 2016, a Gala solidária conseguiu angariar 1.100 euros, montante que, após sorteio, foi entregue a uma entidade de atividades desportivas. A entrada para a Gala é gratuita, sendo que os donativos podem ser depositados, em envelope fechado, numa tombola que ficará instalada à entrada do Coliseu Micaelense.

O tema deste ano é o desporto motorizado, nomeadamente o desporto automóvel, estando o reportório musical a cargo da banda Stereo Mode com temas identificados com automóveis e com o desporto motorizado. A apresentação estará a cargo de Rui Anjos e Solange Vieira.

O Júri é composto por jornalistas da área do desporto (radio, televisão e jornais), mais precisamente por Carlos Rodrigues, Paulo Cordeiro, Gonçalo Cordeiro, João Patrício, José Silva, Nuno Martins Neves e Bruno Lourenço, este último, colaborador do Gabinete de Apoio ao Desporto da Câmara.

No que respeita aos finalistas, na modalidade “Jovem Promessa” foram pré selecionados 17 nomes, tendo sido votados e eleitos os seguintes: Marco Câmara (Atletismo), Vitorino Rodrigues (Jet Ski) e André Silva (Kikcboxing).

Na categoria “Atleta Feminina”, foram pré selecionados quatro nomes e eleitos os seguintes finalistas: Sara Silva (Ginástica Aeróbica), Simone Simas (Ténis) e Helena Medeiros (Padel).

Passando para o título de “Atleta Masculino”, foram pré selecionados 11 nomes e votados e eleitos os seguintes finalistas: Henrique Benevides (Motocross), Sérgio Silva (Atletismo) e Gonçalo Rodrigues (Jet Ski).

Já para o “Treinador do Ano”, o júri selecionou seis finalistas: Paulo Barreto (Clube Kairós feminino), Nilton Silva (Arrifes Kickboxing Clube) e Carlos Silveira (Clube Kairós masculino).

No que respeita à “Equipa do Ano”, foram pré selecionados seis nomes, tendo eleitos os seguintes finalistas: Arrifes Kicboxing Clube, Clube Kairós e Clube Asas de S. Miguel.

Para o “Dirigente do Ano” foram pré selecionados 8 nomes e eleitos os seguintes finalistas: Miguel Machado (Associação de Atletismo de S. Miguel), José Leonardo Soares (Rosinhas Volei Clube, secção de motocross) e João Pimentel (Clube Kairós).

Na categoria “Clube/Associação de 2017” foram pré selecionados 9 nomes. Foram votados e eleitos os seguintes finalistas: Clube Kairós, Clube de Atividades Físicas dos Bombeiros de Ponta Delgada e Núcleo de Árbitros de Futebol da Ilha de S. Miguel (NAFISM).

Relativamente ao “Atleta de Desporto Adaptado de 2017”, foram pré selecionados vários nomes e votados os seguintes 5 finalistas: Ruben Garcia (Clube Kairós), André Ponte (Clube Naval de Ponta Delgada), Elias Augusto (Clube Desportivo Escolar dos Arrifes), Ana Sofia Carvalho (Associação dos Pais e Amigos das Crianças Deficientes do Arquipélago dos Açores) e Pedro Aléxis Medeiros (APACDAA).

O “Prémio Carreira de 2017” vai para Horácio Franco (automobilismo). A homenagem e reconhecimento a Horácio Franco surge pelo facto deste ter dedicado a sua vida ao desporto automóvel, surge w pelo facto do mesmo ter sido considerado a maior referência de todos os tempos do automobilismo açoriano, como referiu o Vereador Pedro Furtado.

Na Gala do Desporto de Ponta Delgada, que contará com muitas surpresas ao longo da noite de 22 de fevereiro, a Câmara Municipal, em conjunto com o júri, entendeu, ainda, homenagear a jovem surfista Tânia Oliveira, recordando o seu curto trajeto desportivo, mas recheado de sucessos e conquistas.

Como tem sido já hábito, a escultora açoriana, natural da Candelária, Catarina Alves, é a autora do troféu que vai ser entregue a todos os finalistas, o qual, segundo referiu a própria, representa uma coroa de louros, em pedras locais, com o brasão da cidade de Ponta Delgada.

Na conferência de imprensa de hoje esteve presente a filha de Horácio Franco, que agradeceu a homenagem e reconhecimento da Câmara de Ponta Delgada a um homem que considerou de “visão na essência desportiva”.

Raquel Franco considerou a homenagem como justa e disse que seu pai levou muito longe a palavra Açores, através da que foi sempre a sua grande paixão: o desporto automóvel.

A homenagem, adiantou, será “o reconhecimento de todo o trabalho que o meu pai, com a sua visão na essência do desporto, sobretudo para com os mais jovens, desenvolveu ao longo da sua vida”.