Pub

Nos primeiros dez meses do ano, 544 médicos saíram por aposentação do Serviço Nacional de Saúde (SNS), mais 135 do que no mesmo período de 2019, segundo dados avançados hoje pela ministra da Saúde.

Em entrevista à agência Lusa, Marta Temido precisou que até outubro saíram 544 médicos do SNS por este motivo, enquanto em igual período de 2019 saíram 409.

Relativamente aos médicos especialistas, adiantou que em outubro havia 19.596 no Serviço Nacional de Saúde, mais 41 face a janeiro (19.555).

Pub