Num grupo D em que FC Barcelona e Juventus surgiam como grandes favoritos, os ‘leões’ chegam à sexta e última jornada ainda com hipóteses de se apurar, mas precisam de vencer os catalães, já apurados, e esperar que os italianos não vençam em casa do já eliminado Olympiacos.

A história do Sporting em Espanha não é nada positiva, uma vez que, em 11 jogos, o melhor que conseguiu foram três empates, enquanto o FC Barcelona venceu 10 dos 12 encontros em casa com portugueses, tendo uma derrota, com o FC Porto em 1972, e um empate em 2012 com o Benfica, então treinado por Jorge Jesus.

Já eliminado, o Benfica procura fugir ao pleno de derrotas no grupo A, o que faria dele o pior conjunto português da história da ‘Champions’, superando o recorde negativo do Sporting, que, em 2000/01, somou apenas um ponto.

Os ‘encarnados’ recebem o Basileia, ainda na luta pelo apuramento e que, em casa, goleou o campeão português por 5-0, naquele que será o segundo confronto entre ambos na Luz, depois do empate a um em 2011/12.

O Basileia é segundo da ‘poule’, com nove pontos, menos três do que o Manchester United e os mesmos do CSKA Moscovo, com as três equipas a lutarem pelas duas vagas na fase seguinte.

Além das três vagas em disputa nos grupos A e D, decide-se ainda hoje quem acompanha o Chelsea na ‘poule’ C, com a Roma a partir com dois pontos de vantagem sobre o Atlético de Madrid, numa ronda em que defronta o Qarabag, último classificado.

No grupo B, o Paris Saint-Germain procura terminar a primeira fase com um registo perfeito, na visita ao também já apurado Bayern Munique, enquanto o Celtic, com três pontos, e o Anderlecht, com zero, definem quem segue para a Liga Europa.