Governo dos Açores disponível para reforçar contributo da Universidade para o crescimento e criação de emprego na Região

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia manifestou hoje, em Ponta Delgada, a disponibilidade do Governo para reforçar o contributo da Universidade dos Açores para o crescimento económico e para a criação de emprego na Região.

Gui Menezes, que transmitia uma mensagem do Presidente do Governo, Vasco Cordeiro, na sessão solene comemorativa do 42.º aniversário da Universidade dos Açores, adiantou que esta parceria permitiria “reforçar os mecanismos para que os resultados da investigação universitária possam ser transferidos para as empresas e, por essa via, ver fortalecida a competitividade da economia”.

“É, também, por isso que, no âmbito destas comemorações, o Governo dos Açores volta a propor um contrato entre o Executivo regional e a Universidade dos Açores para reforçar o contributo desta Academia no crescimento económico e na criação de emprego”, frisou o Secretário Regional.

Com este contrato, segundo Gui Menezes, pretende-se uma concertação e maior articulação entre a Região e a Universidade, no sentido de que, no exercício da sua autonomia universitária, possa saber as necessidades em termos de emprego e, sobretudo, as necessidades em termos de crescimento económico.

Gui Menezes frisou que esta proposta “não pretende substituir os apoios que já existem”, mas representa “um novo patamar de entendimento do papel que a Universidade dos Açores pode ter para a Região, neste caso, realçando a componente do crescimento económico e da criação de emprego”.

Gui Menezes salientou que o Governo Regional reconhece a singularidade da Universidade dos Açores no contexto das demais universidades do país e “orgulha-se da sua dimensão tripolar, enraizada na circunstância natural de sermos um arquipélago de nove ilhas”.

“Se é verdade que essa tripolaridade, que a distingue das demais universidades instaladas no país, implica alguns custos acrescidos, ela representa, também, uma razão que justifica um apoio por parte do Governo dos Açores”, afirmou o Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia, para quem este apoio tem-se traduzido numa profícua cooperação institucional na busca de soluções financeiras específicas que permitam a sua consolidação.

O Secretário Regional realçou ainda o papel da Universidade dos Açores enquanto “pilar fundamental” no processo de desenvolvimento da Região, quer pelo trabalho científico desenvolvido nos três polos, quer pela formação superior ministrada.

Gui Menezes frisou ainda que a Universidade dos Açores “tem hoje um papel muito mais central e atuante no dia a dia”, apontando “o largo conjunto de investigações e centros de investigação, estudos e ações que, em muito, têm contribuído para a solução dos problemas da atualidade e para o desenvolvimento dos Açores”.

“Não tenho dúvidas de que os Açores se orgulham da Universidade que acolhem e, igualmente, não tenho dúvidas que a Universidade se orgulha da Região em que vive”, afirmou o Secretário Regional.

Notícias relacionadas