Escudo não deve valorizar para os colecionadores

O secretário da Associação Numismática de Portugal (ANP), Rui Monteiro, disse hoje à Lusa, que o escudo não deve valorizar para os colecionadores, tendo em conta a quantidade disponível no mercado.

“Penso que muitas pessoas guardaram as notas por uma questão afetiva […] e agora vão optar por trocá-las. A nota, sob o ponto de vista numismático, não vai valorizar muito porque há uma grande quantidade no mercado”, considerou.

Rui Monteiro indica que é possível até que as notas de escudo desvalorizem, após terminar o prazo estipulado pelo Banco de Portugal (BdP) para efetuar a troca por euros.