«CASA Solidária apoia famílias»

O projeto «CASA Solidária», da responsabilidade do Centro de Apoio Social e Acolhimento – C.A.S.A., Bernardo Manuel da Silveira Estrela, distribuiu, nesta quadra natalícia, 40 cabazes de géneros alimentares por famílias carenciadas da Ribeira Grande.

À semelhança dos anos anteriores, o projeto «CASA Solidária» “foi ao encontro dos que mais necessitam, começando pelas famílias das crianças que frequentam a nossa Instituição”, explicou Marco Sousa, presidente da Direção, “revelando que, apesar das restrições e dificuldades que todos sentem, ajudar faz parte da génese do C.A.S.A. e do seu âmbito de ação”.

A par dos géneros alimentícios, o projeto «CASA Solidária» voltou a ser complementado pela iniciativa «Brinquedo Solidário» que ofereceu mais de 49 brinquedos a crianças de famílias carenciadas da Ribeira Grande, sendo prioritárias as crianças que frequentam o próprio Centro de Apoio Social e Acolhimento – C.A.S.A.

A recolha dos alimentos que compuseram os cabazes foi feita com a colaboração dos Pais e Encarregados de Educação dos utentes. O produto final foi completado com a receita de rifas vendidas em alguns dos eventos do C.A.S.A. e com a receita da peça de teatro que os Colaboradores da Instituição levaram a palco no início deste mês.

“O CASA Solidária não existe só no Natal”, acrescentou Marco Sousa, “é um projeto que se desenvolve ao longo do ano, tanto na angariação de receitas como na redistribuição das mesmas, e que procura, acima de tudo, fazer da nossa Instituição um outro ponto de apoio na Comunidade onde nos inserimos. Assim, pomos em prática os valores que queremos transmitir às nossas Crianças e Jovens.”